sexta-feira, 15 de julho de 2011

O que fazer com as medalhas?

Quando me casei, em Novembro, passamos a dividir a mesma casa e daí nos deparamos com o problema de espaço. Muitas tralhas e pouco espaço. Muita bagunça pra pouco lugar pra deixar as coisas em ordem.... Começamos a fazer uma pilha de coisas que iriam ser doadas: roupas, móveis, livros, apostilas, ursos de pelúcia (mais de uma dúzia), hardwares quebrados e daí chegamos numa caixa imensa cheia das minhas medalhas desde a época da escola, onde eu fazia atletismo, dos 13 anos de Karatê e dos meus 4 anos de corrida. É muita medalha... uma sacolona cheia. E o marido trouxe as dele também de mais de 10 anos de corrida e triathlon.

Conforme o nosso critério de exclusão objetos inúteis e obsoletos seriam banidos... mas as medalhas que eu guardei por toda a vida? Pensamos, pensamos... tentando ser práticos mas também sensíveis, chegamos a conclusão que guardaríamos apenas as mais importantes: do karatê guardei a minha primeira medalha, e todas dos campeonatos Paulista e brasileiro. Das corridas também guardamos as primeiras e a das provas mais marcantes, ok. Guardamos tudo em uma caixa de sapato.

Mas o que fazer com as que foram excluídas? Doar pra alguém? não, não tem sentido isso...

Jogar no lixo? no reciclável?

Tarefa difícil essa, mas foi o que fizemos.. colocamos no lixo reciclável dezenas de medalhas, por falta de opção e pela vontade de ter uma casa organizada e aconchegante. A velha máxima " não podemos ter tudo ao mesmo tempo". E no fundo nosso troféu por cada prova que fizemos, é o estilo de vida que adquirimos e a saúde que temos. Isso é a melhor forma de lembrar do que passamos dedicando tanto tempo ao esporte.


E você o que faz suas medalhas?

5 comentários:

Carolina Delpasso disse...

Ahhhh nããooo.... Se eu me desfazer de alguma medalha minha eu chorooo!!!! HAHAHAHA....
Amo minhas medalhas. Cada uma faz eu pensar no grande esforço que fiz para ganhar cada uma delas. Faço o seguinte: uso como decoração. Não deixo elas penduradas na parede.... até mesmo porque acho que ficam feias. Guardo em Vidros, onde elas podem ficar expostas e ao mesmo tempo fica bonita. Existem por aí vários tipos de vidros de tudo quanto é tamanho (Sabe aqueles vasos de flores de vidro transparente). Além de ser prático, fica legal porque ficam as medalhas expostas e ainda por cima é lindo como peça de decoração!

Socorro Melo disse...

Oi, Jalile!

É importante nos desfazermos de coisas inúteis, mas, no caso das medalhas, que são sinais de vitória, de esforço, sei não, acho que não teria coragem de me desfazer... Mas, você está certa, o melhor troféu é ter uma vida saudável e ideais de vida.

Um grande abraço
Socorro Melo

Jalile e Ricardo disse...

É.. esse assunto foi muito difícil de resolver, mas meu marido é muito pratico, racional e minimalista. Tive que abrir mão delas porque os argumentos deles eram muito mais fortes que os meus... sniff.
Enfim... a perspectiva de espaço para novas medalhas me deixou melhor... ;)

bjos

railer disse...

oi jalile,
eu também joguei minhas medalhas todas fora, no lixo reciclável.
guardei as fitas por um tempo, mas acabei jogando fora também.
tenho as fotos das corridas que são meu melhor troféu, além, claro, das memórias de cada uma e das experiências!

michele andrade disse...

Decisões difíceis, hein, acho que não teria coragem de me desfazer!
Bjs e bom fds.

www.atelierartedecor.blogspot.com